li>Google tretas&companhia @@@: A FOME NO MUNDO

tretas&companhia @@@

2007-10-15

A FOME NO MUNDO

FOTO: WEBBLOGVOZDOSEVEN
Pobreza: 27 mil portugueses na iniciativa «Levanta-te»Cerca de 27 mil portugueses deverão aderir quarta-feira à iniciativa «Levanta-te» contra a pobreza para assinalar o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, uma das metas traçadas pela ONU nos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. Uma em cada seis pessoas no mundo vive em condições de pobreza extrema, não tem acesso a medicamentos nem à educação básica, indicam dados internacionais. Em Portugal, um em cada cinco vive em situação de pobreza. Por outro lado, 12 por cento da população global - ou seja, o grupo dos 22 países mais ricos do mundo, em que se inclui Portugal - consome 80 por cento dos recursos naturais disponíveis. A iniciativa desenvolvida em Portugal pela Campanha Pobreza Zero deverá registar-se um pouco por todo o país em escolas, empresas e associações entre as 21:00 do dia 16 e as 21:00 do dia 17. As inscrições para esta iniciativa começaram há cerca de três semanas e, segundo a organização, a perspectiva de adesão já ultrapassa os valores atingidos em 2006. Em 2006, 20 mil portugueses inscreveram-se na acção «Levanta-te contra a pobreza», contribuindo assim para o número mundial de 23,5 milhões de pessoas que aderiram a iniciativa. Estes milhões de vozes recordaram aos líderes mundiais que a cada dia que passa 50 mil pessoas morrem de pobreza extrema, que o fosso entre ricos e pobres é cada vez maior e que os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, assumidos pelos governos nas Nações Unidas de reduzir para metade a pobreza extrema até 2015, estão em risco. Este ano já estão inscritos 27 mil portugueses que em vários pontos do país se propõem realizar acções que possam de alguma maneira chamar atenção para a pobreza no mundo. Mais de 60 escolas desde o pré-escolar até ao ensino universitário aderiram ao «Levanta-te contra a Pobreza», sendo as crianças e jovens convidados a vestir de branco. Na Alameda da Cidade Universitária os estudantes do ensino superior decidiram aderir à iniciativa mundial criando a acção «Desperta contra a Pobreza». O objectivo é reunir centenas de estudantes universitários numa cama gigante para que os participantes se «deitem juntos» e «despertem juntos contra a pobreza». Para participar nesta curta sesta, explicam os organizadores, os estudantes terão apenas de se dirigir à tenda da Associação PAR, situada ao cima da Alameda, para levantar o número de participante e uma almofada insuflável. Ainda na zona da Grande Lisboa, pela primeira vez uma vila inteira vai mobilizar-se. A vila de Caneças vai aderir à iniciativa mundial com a ajuda da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Caneças e da Banda da Sociedade Musical e Desportiva de Caneças. A partir das 21:00 de terça-feira percorrerão as ruas da vila com o convite: ao passar da banda junte-se a nós. Os organizadores querem ter mil pessoas no Largo de Caneças para ajudar a bater o recorde do Guinness estabelecido em 2006. O desafio passa por convencer os residentes a vestir um peça de roupa branca ou levar um lenço branco e juntar-se ao cortejo que vai parar no Largo do Coreto onde, a partir das 21:30, as pessoas começarão a concentrar-se para assistir a um filme alusivo a situação da pobreza no mundo. Depois de ser lido o manifesto da campanha serão lançados balões brancos. Ainda na zona de Lisboa, está prevista a realização às 17:30 do dia 17, em Telheiras, de uma «assobiadela contra a pobreza» assim como de um desfile com cordão humano desde a estação do metro até à esquadra da PSP onde será entregue um manifesto dirigido ao Governador Civil de Lisboa. No Porto, está programado um cordão humano na rotunda da Boavista às 21:00 de terça-feira (véspera do dia internacional) com um grupo de sem-abrigo e dos que diariamente cuidam deles nas ruas portuenses. Em Setúbal, um dos distritos com maior índice de desemprego, a escola secundária Romeu Correia vai também aderir à iniciativa. Mais a sul, em Olhão, o movimento estudantil da cidade vai realizar na noite de terça-feira um workshop de arte circense assim como largadas de balões. A Delta cafés é uma das empresas que decidiu aderir à campanha contribuindo com a divulgação dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio nas suas saquetas de açúcar. No total são 20 saquetas para coleccionar e que ajudam a despertar a sociedade para o problema. A campanha Pobreza Zero foi lançada pela OIKOS em 2005, ano de importantes acontecimentos, tais como a Cimeira da ONU do Milénio + 5, a reunião do G8 na Escócia, onde foram perdoadas dívidas de vários países pobres e a Cimeira da OMC, onde se discutiram também importantes questões do comércio internacional.
Actualmente a campanha é desenvolvida com mais organizações: a Amnistia Internacional, os Médicos do Mundo e a Quercus.
Texto :Diário Digital / Lusa

2 Comentários:

  • Às sexta out 19, 10:48:00 da tarde , Blogger Menina_marota disse...

    Infelizmente é um dos grandes flagelos do mundo...
    Grata por aqui partilhares estas preocupações que deveriam de set de TODOS.

    Um abraço carinhoso e bom fim de semana

     
  • Às sábado dez 15, 01:04:00 da tarde , Blogger altohama disse...

    O presidente em exercício da UE, José Sócrates, almoçou durante a Cimeira UE/África com José Eduardo dos Santos e Nicolas Sarkozy. A ementa do almoço foi ovos mexidos com alheira de caça, tamboril com amêijoas, legumes estufados e arroz selvagem e uma sobremesa com doce de chocolate e laranja tostada. Os vinhos servidos foram todos do Douro: Esteva branco 2005, Quinta de Lagoalva tinto 2007 e Porto.

    Saudações do Alto Hama

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial